O INÍCIO DO PIX E O POSSÍVEL FIM DO TED E DOC

post 17_6
Compartilhar no facebook
Compartilhar no linkedin
Compartilhar no whatsapp

1. O QUE É PIX?

O Banco Central, por meio da Circular 4.027, instituiu o Sistema de Pagamentos instantâneos e a Conta de Pagamentos Instantâneos.

A medida visa alcançar transações rápidas, baratas e seguras, podendo ser o marco final do TED e DOC. Isto porque, diferentemente do que ocorre agora, as operações entre as contas serão possíveis 24 horas por dia, 7 dias por semana, com duração máxima de 10 segundos.

Para o presidente do Banco Central, as pessoas demandam de novas formas de pagamento:

[…] O PIX veio, na verdade, de uma necessidade, de uma demanda que as pessoas têm em geral, e tem sido bastante discutido entre os bancos centrais. […] que seja ao mesmo tempo barato, rápido, transparente e seguro. Se nós pensarmos o que tem acontecido em termos de criação de moeda digital, criptomoedas, ativos criptografados, eles vê, da necessidade de ter esse instrumento, com essas características, barato, rápido, transparente e seguro”.

2. QUERO ADERIR AO SISTEMA, COMO FAÇO?

Até o dia 16/10/2020 todas as instituições financeiras, fintechs e Exchange de Bitcoin poderão passar pelas fazes iniciais de cadastramento e homologação.

Os interessados deverão observas as normas e prazos, sob pena não participar do PIX no seu lançamento.

 

3. PIX E A NECESSIDADE DE REINVENÇÃO NO MERCADO ATUAL

O novo sistema implementado pelo Banco Central reforça a postura que o mercado deve ter: olhar para as dores da atualidade e se reinventar, otimizando seus produtos e serviços para que eles possam acompanhar a constante transformação e inovação do mercado.

O momento é de reinvenção.

Com vontade, criatividade e planejamento empresarial, você pode ir longe e se destacar no mercado, sem grandes prejuízos futuros.

Controle de Processos
Usuário:
Senha: